• Seja Bem Vindo à

    Bianca Festas

    Aluguel de Objetos e Decoração para eventos de Festas Confira nosso Produtos
    Produtos
     
  • Aluguel de Acessórios

    Aqui você encontra os melhores itens para sua festa
  • MATERIAIS DE DECORAÇÃO | Diversas Opções para seus Eventos

1
/
3
/

Nosso Telefone

Com a experiência de quem trabalha no ramo de eventos, a Bianca Festas dedica toda a sua atenção em satisfazer as necessidades de nossos clientes.

Aluguel de Acessório para Festas

Sempre inovando e mantendo a mesma qualidade que fez nestes anos, nossa empresa sinônimo de modernidade e confiabilidade.Oferecemos enorme variedade de produtos, altamente refinados, higienizados e de muito bom gosto.

Locações de Artigos para Festas

Quando você está organizando uma festa em espaços que pedem a locações de artigos para festas você deve se preocupar em que tipo de artigos você ira utilizar, será só cadeiras? ou irá precisar de cadeiras e mesas?

Veja abaixo os produtos disponíveis para locação

  • Acessórios Diversos
  • Almofadas
  • Bandejas e Travessas
  • Cadeiras
  • Caminhos para Mesa
  • Capas de Cadeira
  • Tampo de Madeira
  • Castiçais e Candelabros
  • Copos
  • Guardanapos
  • Jarras
  • Lustres
  • Mesa e Banqueta Bistrô
  • Mesas e Aparadores
  • Mini Peças e Consumê
  • Móveis
  • Pratos de mesa e de sobremesa
  • Sobre Toalhas 1,40 x 1,40 m.
  • Sousplats
  • Talheres
  • Tapetes
  • Toalhas Redondas de 3,00 m.
  • Toalhas Retangulares 4 X 3 m.

Bianca Festas

Alugue objetos e Móveis  e
crie decorações incríveis para sua festa.

Veja Mais

Blog de Dicas

Aqui você encontra dicas e sugestões para sua festas

Mini Mesas: 5 dicas para você criar na medida certa para sua festa

2 de novembro de 2017
Mini Mesas: 5 dicas para você criar na medida certa para sua festa Na contramão das maxi mesas com totens e várias extensões, a nova tendência das mesas de festa são as mini, principalmente quando trata-se de uma reunião mais íntima, um “petit comité”. Elas têm um tamanho menor, mas esbanjam criatividade e doçura. Não perdem em nada para as grandiosas produções que já fiz e adoro. Porém, como o momento do país é de recessão e os espaços (playgrounds, salões etc) estão cada vez menores, as mesas precisam ser adequadas e proporcionais às novas realidades. Claro que a 2ª maior atração da festa (a 1ª é o aniversariante, certo?!) não pode deixar de ter bolo, doces e muito charme. Separei algumas dicas que cito nos meus cursos de decoração, para vocês criarem na medida certa 😉 5 dicas: Mini Mesas para Festa Infantis Utilize uma mesa sua: caso faça uma festa no térreo de seu prédio ou em um local que possa levar, que tal usar algo com a cara da sua casa? Além de original, deixa a produção com ar aconchegante e intimista. Vale uma mesa de centro, um rack, uma penteadeira, redonda, quadrada, com cavaletes… Apenas use a sua criatividade e terá um resultado inusitado e lindo.  Escolha bem o local da mesa: Não necessariamente “onde todo mundo coloca” é o melhor local. Observe onde tem um fluxo não tão intenso de pessoas ao mesmo tempo (como perto das brincadeiras ou da música), mas um local com boa luz e com aspecto que naturalmente criativo. Esse efeito você consegue perceber nas festas “Picnic” e “Floresta”. Dê novas funções a “velhas” coisas: sim, vou repetir sempre: criatividade é a chave do negócio. E não precisa gastar vários dígitos pra ser criativo. Na mesa “Arco-Íris” usei copos de ponta a cabeça como porta brigadeiros. Fofo, não? Na mesa “Bicicleta”, um painel menor que não cobre todo o fundo da mesa, deu um toque único e tridimensional. Nessa mesa, também, coloquei talheres de madeira na frente como um detalhe junto com carretéis. Deu uma “bossa”. Gostaram? Transformar é preciso: além de novas utilidades, podemos transformar objetos para nossas composições. Na mesa “Dinos” eu pintei cada boneco de rosa! Tinta a base d’água e um pincel foram suficientes para deixar os dinossauros femininos e elegantes para essa festa. Na mesa “Óreo”, substituí o bolo por uma torre de biscoitos. As flores deram um contraste e um plus nessa montagem. Menos é mais: festa tem que ter doces, brigadeiro, bolo, balão. Claro que não precisa de TODOS os itens para ser perfeita, mas tem que agradar, principalmente, ao aniversariante. Eu normalmente opto por bolo, brigadeiros, e um ou dois doces personalizados. Biscoitos no tema são uma grande sacada. Suspiros, pirulitos, tudo colore e adoça ainda mais. Ou dão um toque de sal, como na mesa “Pipocas”! Mas procure um equilíbrio para que sua mini mesa não fique com informações demais. Na produção “Praça” usei um bolo com pintura à mão, e deixei os demais doces com um colorido bem vivo,

Como receber em casa de forma criativa e gastando pouco?

2 de novembro de 2017
Como receber em casa de forma criativa e gastando pouco? Selecionamos 3 perguntas sobre como receber em casa, da seção “Pixu Responde” na revista Casa e Comida (Ed. Globo) , que têm tudo a ver com nosso Workshop “Crie, Cozinhe, Celebre“, que será realizado no dia 29 de junho em São Paulo e contará com a participação da Pixu, além da Kika Duarte e de grandes especialistas em gastronomia, decoração e drinks. Pixu responde: Como receber em casa de forma criativa e gastando pouco? 1) “Quero fazer um open house. O que servir e como decorar a casa, já que ela é nova e não possui muitos móveis nem todos os utensílios para servir um jantar?” Cristina de Arruda Bravim, Vitória, Espírito Santo R: Cristina, um open house pode ter um clima bem descontraído. Os convidados sabem que a casa ainda está sendo montada e isso permite improvisos charmosos, como preparar um cantinho no estilo lounge, com almofadas para os convidados se esparramarem, e usar banquinhos como mesa de apoio. Em relação ao cardápio, você pode optar por beliscos que as pessoas possam comer com as mãos. Também há várias opções de descartáveis bonitos e até ecologicamente corretos, de fibra de bambu, que podem suprir a falta de louças. Para as bebidas, se você providenciar um cooler bacana, como uma tina antiga, ninguém vai ligar se os copos forem de plástico. Link para matéria da Casa e Comida: clique aqui 2) Olá, Pixu. Eu e meu marido gostamos muito de receber em casa, mas andamos sem grana… Tem alguma sugestão criativa para receber os amigos para um jantar ou lanche e gastar pouco? Renata Esteves, Curitiba, PR R: Oi, Renata. Não precisa ter muito dinheiro para receber os amigos em casa – claro que, quando temos sobrando, tudo fica mais fácil. Se forem mais íntimos, não vejo problema em combinar para que cada um leve algo: um aperitivo, sobremesa ou até o prato principal. Caso não queira pedir, opte por uma massa. Todo mundo gosta e existem opções caseiras mais em conta. Para decorar a casa, uma alternativa bonita são folhagens, como avenca, samambaia, jiboia e antúrio. Ficam lindas em vasos transparentes ou em garrafas reaproveitadas de vinho ou suco. A comida não precisa ser de alta gastronomia. O que importa é reunir os amigos para uma boa conversa. Link para matéria da revista Casa e Comida: clique aqui 3) “Minha mesa é bem pequena e estreita, tem 90 cm de largura e quatro lugares. Acho lindos os arranjos de flores, mas quase nunca uso por causa da falta de espaço. Como posso deixar a mesa mais bonita para o dia a dia e também para os dias de visita?” Tâmara Rolim, Brasília, DF R: Tâmara, já tive o mesmo problema: logo que me casei, a mesa da minha nova casa tinha 90 cm de largura. Se colocasse um centro de mesa, os pratos ficavam apertados. Resolvi o problema com flores em garrafas, que são fininhas e ocupam pouco espaço. Misturei modelos altos e baixos – deixava um arranjo mais cheio quando a mesa não estava em

Projeto de Festa: 5 dicas para facilitar suas decorações!

2 de novembro de 2017
Projeto de Festa: 5 dicas para facilitar suas decorações! Um dos assuntos mais questionados pelas milhares de alunas (os) dos cursos presenciais que já realizamos em todo o Brasil e também dos cursos online é sobre projeto de festa. Particularmente quando comecei a fazer minhas decorações, fui aprendendo de forma mais intuitiva, algumas vezes por “tentativa e erro”; com o tempo e experiência foi ficando mais fácil criar os temas e conversar com os fornecedores. Nos últimos anos tive a sorte de contar com ótimas parceiras, como a Cris Músico (fundadora da Festices em São Paulo) que faz a criação de projetos sempre que tenho uma necessidade específica. Conversando com a Cris aprendi melhor como um projeto ajuda em todo o processo criativo e na execução da decoração. Confira abaixo 5 dicas dela sobre os  principais benefícios de utilizarmos um projeto para criar a decoração de uma festa: Projeto de Festa: 5 dicas 1) Definir as dimensões de objetos Ao criar uma decoração, precisamos decidir sobre as dimensões de tudo: Dimensão da mesa, do fundo, de uma decoração para esse fundo (como o nome da criança por exemplo), etc. Ter conhecimento sobre  dimensões é fundamental por exemplo, para avaliarmos a solução mais adequada para o salão de festas ou a sala da casa da (o) cliente; Também é muito importante para sabermos alugar peças adequadas ou contratar o serviço de uma gráfica, evitando erros ou retrabalho que podem comprometer em muito o resultado final da decoração. 2) Testar cores  A decisão sobre cores é um dos fatores mais mais importantes em uma decoração. Muitas vezes pensamos em utilizar determinada combinação de cores, mas ao visualizar a mesa já pronta notamos, por exemplo, que o contraste das cores do bolo com o do fundo não ficou adequado. Ao testar antecipadamente a combinação de cores é possível ter mais segurança para a criação e também economizar, evitando a locação de mais peças que o necessário. 3) Entregar prévia do projeto para Cliente Em algumas situações o cliente deseja uma prévia do projeto, para visualizar como ficaria a mesa em sua sala por exemplo. É possível tirar a foto do local da festa e criar o projeto sobre ela, o que permite uma visão bem realista de como ficará a mesa no local. Apresentar o projeto em determinadas situações ajuda a demonstrar profissionalismo e gerar confiança do cliente. Obs: Recomendamos o envio de projetos somente após assinatura do contrato. 4) Testar padrões de móveis e objetos Através do projeto é possível testar previamente por exemplo o fundo a ser utilizado na decoração, podendo ser um fundo com muro inglês (folhas) , fundo de madeira, pallet etc. Ou mesmo o tipo de mesa mais adequado. Para isso é importante ter uma “biblioteca de objetos” pronta, que irá facilitar em muito o trabalho. É importante também periodicamente atualizarmos essa biblioteca, para termos sempre opções para cada tipo de festa. 5) Economia de tempo e dinheiro A criação do projeto de decoração de uma festa ajuda muito a otimizarmos nosso tempo, pois,  como citamos, facilita a conversa com fornecedores, evita retrabalho

Biscoitos de Natal Decorados: 4 Dicas

2 de novembro de 2017
Biscoitos de Natal Decorados: 4 Dicas Biscoitos de Natal Decorados Renas, Papai Noel, Guirlandas…essa época de natal é uma fonte de inspiração sem fim para criarmos os mais diferentes tipos de decoração. E para quem faz biscoitos decorados não é diferente, as possibilidades são infinitas e deliciosas! Conversamos com a Marina Marques, da Mãe com Açúcar, do Rio de Janeiro, que  é nossa parceira em festas, cursos presenciais e nocurso online de biscoitos decorados, sobre dicas e  tendências sobre biscoitos de natal decorados nessa época do ano. Confira abaixo: Formatos Tradicionais de Natal: Como não podia deixar de ser, o Papai  é o Noel é o campeão de pedidos nessa época; As guirlandas e Mamãe Noel também são muitos procurados (a Mãe com Açúcar criou cortadores próprios, que pode ser encontrados em sua loja loja virtual). Outros formatos tradicionais nessa época são de meia, flocos de neve, árvore de natal,  renas e anjos. Cores: As cores tradicionais combinam muito com os biscoitos de natal, mas vale também fazer criações mais inusitadas utilizando “candy colors”, com tons mais suaves, que trazem uma delicadeza ainda maior para os biscoitos e tem feito muito sucesso. Formatos Comuns: É possível criar modelos de natal com cortadores comuns, como por exemplo um vestido vermelho e passarinho. Na falta de opção de cortadores com os formatos tradicionais de natal, eles substituem sem fazer feio e dão muito charme ao conjunto. Tema “Natal tropical”: Criar biscoitos seguindo o tema “natal tropical”, com os personagens adaptados ao clima do Brasil , é uma opção muito bacana e divertida nessa época. As opções também são muitas, como Papai Noel de shorts de praia, óculos escuros, pranchas, sol, bermudas e o sucesso é garantido! Além de ser uma atividade muito prazerosa, os biscoitos podem ser usados para presentear amigos, decorar a mesa da ceia e até mesmo a árvore de natal. Com um pouco de dedicação e muita imaginação, eles ajudam a tornar o natal ainda mais encantador!

7 itens que você precisa avaliar antes de definir o preço de uma festa

2 de novembro de 2017
7 itens que você precisa avaliar antes de definir o preço de uma festa Uma das maiores dificuldades que ouço das milhares de alunas dos cursos de decoração e gestão com foco no mercado de festas que já realizei em dezenas de cidades em todo o Brasil é: Como fazer um orçamento de festa infantil, quanto cobrar pela  organização e decoração? A definição do preço de um produto ou serviço muitas vezes vira uma dor de cabeça para  todo empreendedor; para quem trabalha com organização de festas infantis não é diferente. Quem já estudou um pouco de marketing lembra que o preço que é um dos 4 P´s (produto, preço, praça, promoção), ou seja, é uma das principais decisões estratégicas da empresa. A definição do seu preço deve estar alinhada ao seu posicionamento e ao seu público alvo. Uma falha nessa decisão pode comprometer todo um trabalho bem feito. Existem diferentes formas de cálculo de preços, mas em qualquer uma delas, ter atenção aos 7 itens abaixo vai ajudar você a definir o orçamento de sua festa (ou mesmo de outros serviços) de forma segura e competitiva: 1) Calcule em detalhes seus custos fixos Saber em detalhes qual é  o custo fixo de sua empresa é  o primeiro passo. Lembre-se de todos os gastos que você tem para “fazer o negócio funcionar”, havendo ou não festas. São itens como aluguel, internet, telefone, manutenção de site, salários (e também seu pró-labore). Divida esses custos pelo volume de festas que você projeta fazer no mês (faça uma projeção realista e adequada à sua estrutura), pois estes custos precisam ser rateados entre as festas. O mesmo conceito vale para quem está começando ou para um grande buffet, o que muda é a proporção dos valores. 2) Calcule os custos diretos da festa São custos diretamente ligados à prestação do serviço, como o bolo, doces, decoração, aluguel de peças etc; Você deve registrar cada gasto; as vezes pequenos gastos passam despercebidos. Ao registrar em detalhes ficará mais fácil decidir quais são de fato necessários e você terá maior precisão sobre sua margem de lucro. 3) Registre as despesas variáveis Este são os valores que não estão ligados diretamente à festa, mas só ocorrem quando existe uma venda. São itens como taxa do cartão de crédito, impostos, comissões. Essas despesas não podem ser “esquecidas”, pois se não forem devidamente registradas também podem comprometer seu resultado. 4) Defina sua margem de lucro Como todo negócio, é preciso definir sua margem de lucro, que é fundamental para  o crescimento sustentável de sua empresa. A margem dependerá de seu posicionamento, de sua experiência, etc. 5) Faça o cálculo final Nesse exemplo, o valor da festa será composto pela despesa fixa proporcional + custos diretos da festa + despesas variáveis e margem de lucro. Atenção: Se a soma dos custos é $ 1.000 e você deseja 20% de lucro sobre o preço final o cálculo é 1000/(1-20%), ou seja, 1000/0,8 = $ 1.250,00 6) Analise seu mercado/ concorrência Como em todo segmento, você precisa saber quem são seus reais concorrentes.